[A]



[A]
Cascais
 -  " A última terra do mundo da parte do ocidente ", como lhe
chamou em 1620 Nicolau de Oliveira - e um outro historiador seiscentista,
o Conde da Ericeira,  "  O lugar contado de alguns pelo ùltimo  do mundo ".
Usufrui uma maravilhosa e excepcional situação geográfica.
O seu ar puro e temperado, escondidas aqui e além, separadas por
fragmentos que irrompem pelo mar ou pelas muralhas dos seus antigos
fortes, abrem-se ao primeiro olhar do visitante, como um leque de cores
variadas, de imprevisíveis contrastes reflectidos com grande calma pela vizinhança
do mar oceano atlântico.  Esta privilegiadíssima situação de Cascais no circuito
turístico europeu e o acontecimento da Expo 98 com o tema "OCEANOS"
em Lisboa, fez-nos perceber  a possibilidade de criar um projecto
cultural que divulgasse os nossos artistas entre os inúmeros visitantes
estrangeiros e do nosso próprio país,  inserindo em momentos de
descontracção e laser junto ao próprio oceano atlântico.
Para tal evento, escolhemos o paredão de Cascais ao Monte Estoril
para realizar uma grande exposição ao ar livre de artistas plásticos
de renome residentes em Portugal.



 
[A]
 
[A]
 
[A]
 

© 1998 Expoarte
Imagens e textos não podem ser usados sem autorização,
excepto para uso pessoal (ex: papel de parede para o Windows).
 Concepção:   Ceramicarte - Cascais